Maioria dos chineses vem ao Brasil a negócios; entenda

Notícias recentes sobre o que acontece de mais importante voltar

Nesta segunda-feira (29), o Rio Galeão e o Rio CVB realizaram uma série de palestras para o trade carioca entender melhor o mercado chinês. O Workshop Brasil-China contou com a participação de diversas autoridades do setor e com o apoio da Embratur e do Consulado Geral da República Popular da China.

O coordenador-Geral de Inteligência Competitiva e Mercadológica da Embratur, Alisson Andrade, foi um dos palestrantes do evento e apresentou aos profissionais do setor do Rio de Janeiro informações detalhadas, como o perfil do turista chinês, seus hábitos de consumo, tendências do mercado, além de oportunidades e métodos de promoção no meio digital.

“É importante abrir os olhos para este mercado que tem números interessantes para o Brasil. A China é o maior mercado emissivo do mundo. Em 2017, 130 milhões de turistas chineses viajaram ao Exterior. Além disso, este público é o que mais gasta. Os chineses gastaram US$ 258 bilhões em viagens por todo o mundo, o que representa 20% de todos os gastos em viagens realizados no ano passado″, destacou.

Em 2018, a China foi incluída na lista de países considerados estratégicos para a promoção dos produtos e destinos turísticos brasileiros no Exterior. Do total de turistas chineses que romperam fronteiras em 2017, apenas 61,2 mil visitaram o Brasil. Segundo o coordenador, o País tem potencial para aproveitar essa lacuna de oportunidades, pois dispõe em sua gama de atrativos exatamente o que o turista chinês deseja encontrar em suas viagens: Ecoturismo, Cultura, além do Turismo de Negócios.

Atualmente, 71% dos chineses viajam para o Brasil para fazer negócios. Já 19% visitam destinos brasileiros, como Rio de Janeiro, São Paulo e Foz do Iguaçu (PR), a lazer.

AÇÕES
Ambos os países parecem interessados em explorar mais esta parceria. Este ano, a Embratur promoveu em solo chinês o fortalecimento de ações conjuntas com países sul-americanos como a Argentina, para promoção de roteiros integrados.

Em maio, o instituto participou da ITB China, maior feira de turismo do continente asiático, com uma comitiva de 12 organizações brasileiras dos setores público e privado para fechar negócios com os receptivos chineses. Foram promovidos, em Xangai, roadshows com a presença de mais de 600 representantes de empresas do trade turístico local.

MATERIAL
A Coordenação Geral de Inteligência Competitiva e Mercadológica do Turismo da Embratur lançou este ano o produto “Mercado China”, com informações específicas do turismo chinês. O material foi desenvolvido com o intuito de aumentar a compreensão sobre o mercado chinês para facilitar a atuação no mercado e subsidiar o trade nacional para que as empresas nacionais entendam as tendências e oportunidades daquele país e atendam às exigências dos turistas chineses. Veja aqui o material.

 

Fonte: Panrotas

Foto de capa: Thinkstock

Foto interna: Divulgação/ site