Executivos debatem futuro do Rio Galeão e redução do ICMS

Notícias recentes sobre o que acontece de mais importante voltar

Em sessão liderada pelo deputado Otavio Leite, aconteceu uma reunião de executivos do Turismo no salão nobre do aeroporto internacional Tom Jobim (Galeão). O objetivo foi debater os entraves e propor soluções para toda a cadeia produtiva do setor.

A reunião foi aberta pelo anfitrião e presidente do Rio Galeão, Luiz Rocha, que apresentou o ganho de capacidade operacional do aeroporto após a privatização em 2014, mas que hoje ainda é aquém do esperado.

“O Rio Galeão tem capacidade para receber 37 milhões de passageiros ao ano. Hoje recebemos pouco mais de 17 milhões. Setenta por cento das conexões internacionais são feitas em Guarulhos por falta de uma malha doméstica que alimente os voos internacionais”, afirma Rocha.

O encontro também contou a presença do representante da Infraero, Alexandre Canedo, do diretor da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), Airton Pereira, e do diretor da Associação Internacional de Transportes Aéreos (Iata), Dany Oliveira. As aéreas afirmaram que a redução da carga tributária é de suma importância para o crescimento das companhias. Atualmente, o preço do combustível representa 40% do custo operacional da aviação.

Participaram também o vice-presidente da Riotur, Lúcio Macedo, e a presidente do Rio Convention & Visitors Bureau, Sônia Chami. Futuras reuniões devem acontecer para dar continuidade a essa agenda, cuja principal reivindicação tramita em torno da redução do ICMS da aviação.

 

Fonte: Panrotas